<$BlogRSDUrl$>

domingo, 30 de novembro de 2003

Pinheiro Revelations 

Braga, Kispo, impermeável, Guimarães, roupa molhada, pés encharcados, Oriental, comida, bebida, bombos, caixas, maçanetas, confusão, gente, vida, bois, Pinheiro, guarda-chuvas, mãos ensanguentadas, ligas (nas mãos...), luvas, gorros, Pais Natais, estrada, Braga, chuva, banho a chegar a casa, dormir, acordar, Porto, net, almoçar e post.

sábado, 29 de novembro de 2003

Reflexões no IRC 

|Dark_Sorcerer| E tu, queres ser jornalista?
|duiann| lol
|duiann| depende
|duiann| se ainda houver espaço!

E isto vindo de uma rapariga do 2º ano, a Lúcia Pereira.
Simples, claro e eficaz. Não acham?

Etiquetas:


Já viram a data? 

Hoje é dia do Pinheiro!
Todos para Guimarães bater em caixas e bombos como malucos até ao fim da noite!
Eu vou...

E hoje... 

... um camião TIR ia-me batendo na Maia. Quando ouvi a buzina dele, a assinalar que não ia conseguir travar a tempo de me evitar a traseira do carro, tive que avançar até quase bater no carro que deixei passar no cruzamento. Safei-me de boa, acreditem.
Qual BMW, no Natal dêem-me mas é um tanque para os dias de chuva...

sexta-feira, 28 de novembro de 2003

Fim perfeito de uma noite que nunca acaba 

Pão e bolos. Aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Em simultâneo.

Etiquetas:


quinta-feira, 27 de novembro de 2003

Para o Natal... 



Inscrições para a prenda em baixo!

Escolas 

Mas como esperam que os alunos de uma escola C+S fiquem com vontade de vir para a Universidade quando a própria Universidade não os recebe condignamente?
Eu explico: Ontem estive a assistir (atenção, eu não era da organização...) à iniciativa Semana das Portas Abertas sobre a Ciência e Tecnologia , e o início até foi prometedor: a escola Carolina Michaelis, do Porto,chegou atrasada, por causa do trânsito. O que implicou, como é óbvio, corte de tempo nas iniciativas propostas... E ouvir um discurso muito interessante sem dúvida, mas entediante, sobre a Origem da Vida e dos planetas por parte de Hernâni Maia,do Departamento de Química da Escola de Ciências da Universidade do Minho.
Depois de uma visita aos diferentes Departamentos, que até foi interessante, dirigiram miúdos (alunos) e graúdos (professores) para o centro. Esqueceram-se foi de que a Escola era natural do Porto, o que implica que não conheciam Braga... e ainda por cima ninguém lhes disse como chegar ao centro e ao Museu Nogueira da Silva em particular. Eu e o meu colega vimos a camioneta e, qual Brigada de Trânsito, fizemos sinal para estacionar aquele veículo tão pequeno e vazio. Ah, para além disso, o Museu estava fechado, pois estava a haver uma reunião. Abriram-nos a porta com ar mal-humorado e deixaram ver uma exposição (de resto, interessante) sobre o DNA.
O objectivo seguinte era chegar ao IEC. O que não era difícil, visto que era do outro lado da rua. Só que, mais uma vez, os guias fomos nós, que não tinhamos nada a ver com a iniciativa. Vá lá que as coisas correram bem na ECUM e no IEC, senão tinha o balanço teria sido muito negativo, quer para eles quer para nós.
Isto deprime-me. Porque a UM tinha a obrigação de fazer muito melhor.

quarta-feira, 26 de novembro de 2003

Ontem... 

... numa aula de (...), citação de uma professora decididamente cada vez mais em contacto com o Mundo:
" Ai que estou com algumas falhas de memória... Como é que se chama aquele tipo das barbas? (pausa) (pausa) (ainda mais pausa) (Sugestões da turma, erradas) Bin Laden, é isso!!"
E temos isto numa disciplina de actualidade Internacional!

Post direccionado 

I'm so tired of being here
Suppressed by all my childish fears
And if you have to leave
I wish that you would just leave
'Cause your presence still lingers here
And it won't leave me alone

These wounds won't seem to heal
This pain is just too real
There's just too much that time cannot erase

When you cried I'd wipe away all of your tears
When you'd scream I'd fight away all of your fears
And I've held your hand through all of these years
But you still have
All of me

You used to captivate me
By your resonating light
But now I'm bound by the life you left behind
Your face, it haunts my once pleasant dreams
Your voice, it chased away all the sanity in me

These wounds won't seem to heal
This pain is just too real
There's just too much that time cannot erase

When you cried I'd wipe away all of your tears
When you'd scream I'd fight away all of your fears
And I've held your hand through all of these years
But you still have
All of me

I've tried so hard to tell myself that you're gone
But though you're still with me
I've been alone all along

When you cried I'd wipe away all of your tears
When you'd scream I'd fight away all of your fears
And I've held your hand through all of these years
But you still have
All of me

Evanescence, My Immortal

Então adeus, boa sorte... e obrigado. E não te esqueças disto:
(São duas chiclets, para quem não conseguir ver...)

Etiquetas:


terça-feira, 25 de novembro de 2003

Amor 

"Love is not an human emotion. Love... is just a connection."
Por estas ou por outras palavras, foi isto que foi dito no Matrix, ontem. Se o amor é apenas uma ligação, onde posso eu "desligar da ficha" certas emoções?

Etiquetas:


segunda-feira, 24 de novembro de 2003

Depois... 

...destes dois posts, eu queria só relembrar que este não é um blog lamechas nem gay.
Para além disso, esta é a minha última semana em pleno em Braga. Para a semana que vem estarei aqui meramente em part-time, e, parecendo que não, é uma sensação estranha.
Não vou antecipar despedidas, até porque não gosto delas. Mas lá irei para o Porto, começando uma nova etapa antes de (quase...) toda a gente.
Estranho, no mínimo....

Etiquetas:


Coragem 

É o que se pede quando as coisas correm mal. Tu mereces que te corram bem, porque és quem és. Boa sorte.

(Tu sabes quem és, nem precisa de link. Sempre que precisares, tou aqui.)

Etiquetas:


Agradecimento 

Eu não queria, sério que não queria, mas tenho que deixar aqui este post.
Há que agradecer a todos os que nos ajudam, não concordam comigo? Dessa forma, decidi dizer aqui, publicamente, que tenho gostado muito da ajuda que me tens dado.
Quer por telefonemas, quer por mensagens, quer simplesmente pela tua presença. Pelas conversas (muitas vezes idiotas...) no MSN, pelos teus stresses, pelos meus, mas por lá estares. Simplesmente.
As amizades mais recentes são por vezes muito valiosas. Obrigado.

Etiquetas:


sábado, 22 de novembro de 2003

Pois é, pois é... 

...cá estamos!

Etiquetas:


quinta-feira, 20 de novembro de 2003

Tempo 

O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem.
Se me perguntar a mim, eu digo que não tenho. Tempo. Para escrever no blog.
Estes próximos dias tenho muito para fazer. Vida académica, pessoal e social. Trabalhos, baptizados de afilhadas, encontros e desencontros.
Volto quando puder.

Etiquetas:


quarta-feira, 19 de novembro de 2003

Como prometido... 

...vêem as reflexões da noite passada.
Eu admito. Fui convencido a ir ao BA por influência deste senhor, e com a companhia de muita muita gente (é o BA... tudo vai lá ter...) Para me convencer a ir lá, tinha que haver contrapartidas vantajosas. O argumento, desta vez, era ir a uma padaria ao fim da noite (ou seria início da manhã?) para comermos bolos (BOLOS, NUMA PADARIA, ONDE JÁ SE VIU??). A ideia era de que os bolos nos fariam "homens e mulheres novos", segundo o mesmo senhor.
Está bem, os bolos eram bons, fresquinhos (pudera, eram 5 da matina...) e baratos. Mas ninguém contava com a condução desta senhora, que me deixou tão, mas tão, mas tão doente... que nem sei o que diga. Até fui obrigado a fazer um pião quando regressei com alegria à minha viatura, a que este mesmo senhor assistiu, quase me convencendo que eu ia capotando. E eu que não bebo... Para terminar a noite, esse mesmo senhor ainda foi capaz de me obrigar a empurrar o carro dele... Porque o deixou ir abaixo às 6.30 da manhã na Rua Nova de Santa Cruz! Que noite...

terça-feira, 18 de novembro de 2003

Preparem-se... 

...para mais um post a dizer mal da noite bracarense. Hoje devo ir ao BA (não se preocupem, não vou ao Sardinha...)!

segunda-feira, 17 de novembro de 2003

Estágio 

Recebi hoje a confirmação que vou estagiar, a partir do próximo mês (dia 3), no Direcção Municipal de Recursos Humanos da Câmara Municipal do Porto. Vou trabalhar às quartas-feiras todo o dia, quinta-feira à tarde e sexta-feira à tarde nesta primeira fase.
A partir de Fevereiro vou trabalhar em full-time... Tenho um mês de descanso por causa dos exames... MAS EU PODIA PEDIR MAIS?
Ok, só se me pagassem! Mas passo bem sem isso, fazendo o que vou fazer, que é mesmo o que quero.
:)

Blogs recomendados updated 

  • Apetece-me ser eu, para variar
  • ,
  • Burnin' sound
  • ,
  • Goda Feia Chata
  • ,
  • juSt bEiNg PeCoLa
  • ,
  • Marradas de Poesia e Prosa
  • ,
  • Pedrada No Charco
  • ,
  • Perdi a comodidade da Ignorância
  • ,
  • Pós de Perelim Pim Pim
  • ,
  • Qualquer Coisa de Novo
  • , e
  • Requiem For a Dream
  • são novos blogs que me parecem dignos de nota... Boa sorte para todos, e que seja um sucesso (cof, cof...) como o meu! :)

    domingo, 16 de novembro de 2003

    Ligeiras... 

    ...mudanças no meu template, para retirar este vermelho daqui. Porque este dia é especial para o meu FCP, vamos inaugurar um novo estádio.
    É a minha maneira de me associar às festividades...

    sábado, 15 de novembro de 2003

    "Cada um... 

    ...tem o que merece". Chavão, frase feita, chamem-lhe o que quiserem. Eu uso-a muitas vezes na brincadeira, principalmente quando alguém se queixa que a sorte é madrasta...
    Mas pensando bem, eu também sou abrangido por ela. Senão, vejamos: todos sabemos que, tendo direito a tudo o que mereço, mereço tudo do melhor porque sou um gajo altamente.
    No entanto, não tenho namorada; estou a acabar o meu curso, tenho um estágio alinhavado mas isto tá mau para todos; e não tenho namorada. (ups, repeti-me? LOL!)
    Caramba, será que Deus me castigou por alguma coisa que fiz numa outra encarnação? Será que me fez lindo apenas para ser infeliz? Bolas...

    Etiquetas:


    sexta-feira, 14 de novembro de 2003

    Às vezes... 

    ...bastam cinco minutos na presença de amigos para que tudo o que parece estar mal passe para segundo plano.

    Etiquetas:


    quarta-feira, 12 de novembro de 2003

    Fear of the Dark 

    Hoje acordei com a Fear of the Dark, dos Iron Maiden. Lindo, brilhante, até dá arrepios.

    Escolhas 

    Já ando a matutar nisto há uns tempos, confesso. Provavelmente pensaram já nisto também, mas não queria deixar de escrevê-lo.
    A dúvida por vezes assalta-me: a escolha que fazemos de uma operadora de telemóvel condiciona a nossa relação com as pessoas que nos rodeiam? Porque é que, devido a ter uma operadora de rede diferente da de outra pessoa, falo menos com ela do que com outras pessoas (que se calhar até me dizem menos) mas que têm a mesma rede que eu?
    Não será isto um pouco "castrante"? Será que o dinheiro que gastamos numa chamada para outra rede (normalmente é sempre mais inter-redes do que intra-redes) condiciona as nossas amizades e conhecimentos ("novos" e "velhos")?
    Pode não condicionar amizades, mas condiciona certamente o contacto com as pessoas. Admito que falo menos com pessoas de outras redes e combino menos coisas com elas (isto com pessoas que me estão mais distantes fisicamente, obviamente).
    Não será esta uma forma de ver as coisas condicionada pela importância que damos ao dinheiro e tudo o que ele implica? Não me levará isto a não conhecer como devia pessoas que até me poderiam vir a dizer mais do que dizem actualmente?
    Será uma escolha como qualquer outra, condicionada pelo acaso? Será que ganho tanto com pessoas da minha rede como ganharia com pessoas de outras redes? Nunca pensaram nisto?
    Estarei a exagerar? E eu até tenho dois telemóveis, capitalismo moderado...

    Etiquetas:


    terça-feira, 11 de novembro de 2003

    E... 

    ... depois de desanuviar um pouco com aquele post de ontem (para quem não conseguiu ler, é seleccionar tudo com o rato e vê-se o que escrevi), decidi simplesmente abrir o blogger e começar a escrever.
    Sobre nada, claro. Porque se calhar é a coisa que mais digo. Eu falo muito, mas dizem-me que muitas vezes não digo nada. E eu compreendo quem diz isso.
    Quem me conhece diz que sou muito fechado (não para obras, mas para mim próprio), que não conseguem perceber o que sinto e descobrir o que sou ou deixo de ser.
    Pois é, tenho uma novidade. Eu sou assim, não posso fazer nada (nem que pudesse não fazia...) e têm de me aceitar assim como sou.
    De qualquer forma, aqui tenho-me exposto muito. Tenho consciência disso. Mas não consigo evitar, é como se o blog fosse uma entidade em que posso confiar e no qual consigo desabafar, mais até que com as pessoas "ao vivo".
    Afinal, o Fechado Para Obras é um amigo... Ele e vocês.

    Etiquetas:


    segunda-feira, 10 de novembro de 2003

    Parabéns! 

    Quem conseguiu ler o MOTIVAR no outro post também lerá este post. Parabéns!

    (apeteceu-me brincar um pouco no blog, isto anda muito sério!) :)

    Etiquetas:


    Mas... 

    ... quando é que alguém explica aos meus professores (e aos professores universitários em geral) que é necessário MOTIVAR os alunos?
    - Que não basta debitar matéria?
    - Que a nossa vida não é só a disciplina deles?
    - Que ser professor implica não ligar só aos projectos deles mas também falar com os alunos quando eles necessitam?

    Ou o ensino superior é tudo isto e eu vivo numa realidade alternativa?

    Etiquetas:


    sábado, 8 de novembro de 2003

    Alguém... 

    ... me explica no que deu à minha família em peso? Agora todos se sentem incomodados com o meu ar supostamente "vagabundo" só porque tenho a barba por fazer!
    Já não basta daqui a uns anos ter que fazer a barba todos os dias e ainda tenho que me chatear com isso hoje em dia? Poupem-me...

    Os Nicolinos e a UM 

    E pronto, lá vem mais uma polémica para alimentar este tempo pré-natalício. Sim, os Nicolinos querem mudar o traje do pólo de Guimarães da Universidade do Minho (UM).
    Estupidez (ou vontade de chatear?) pura, por algumas razões.

    A primeira é que o traje, de seu nome Tricórnio, é usado pelos dois pólos, e não há razão para que os dois pólos de uma mesma Universidade usem dois trajes diferentes.

    A segunda tem a ver com o facto de os Nicolinos não terem rigorosamente nada a ver com a UM. Eles zelam pelas tradições vimaranenses, e não pelas tradições universitárias.

    A terceira e última tem a ver com o argumento do traje ser inspirado no dos estudantes dos liceus bracarenses...
    e isso ser considerado uma discriminação. Mas afinal qual é o pólo dominante da UM? Onde foi criada a UM? Da última vez que vi, foi em Braga.

    Por tudo isto, a minha opinião é a de que a polémica nem sequer tem razão de ser...

    quinta-feira, 6 de novembro de 2003

    Ontem... 

    ...fui ao Sardinha Biba, aqui em Braga. Matem-me, por solidariedade para comigo, se alguma vez eu vos disser que quero ir lá outra vez nos próximos... deixem ver... 5 anos?

    Melhoras e boa disposição 

    A vida por vezes prega-nos partidas. Temos maus momentos, que são (esperamos nós...), rapidamente ultrapassados por momentos bons e boas surpresas.
    Os meus últimos posts têm sido um pouco tristes, até porque minha vida não está(va) a correr bem. Quer no plano profissional quer no plano afectivo e interpessoal. Mas já estou melhor, e queria agradecer a todos os que se disponibilizaram, pessoalmente e através dos sempre úteis comments, para me ajudar.
    Vou lutando, nunca desistindo, de atingir sanidade mental...
    Obrigado. A todos.

    Etiquetas:


    segunda-feira, 3 de novembro de 2003

    Ontem... 

    ... fui levar a nibs a casa. Eram duas ou três da manhã, não passava disso.
    Depois de a deixar, conduzia de volta a casa e dei por mim a pensar que gostava de falar com alguém. Alguém que não soubesse nada da minha vida, nada do que se passou ultimamente, nada do que eu sou neste momento.
    Não sei muito bem porquê, mas senti que só alguém de fora da minha esfera me compreenderia e poderia ajudar-me. Seja no que for que eu preciso de ajuda. Estranho, não é?

    Etiquetas:


    sábado, 1 de novembro de 2003

    Procuro e não encontro... onde o terei deixado? 

    Sim, meninos e meninas, não encontro algo. Algo que me é muito querido e que me faz imensa falta.
    Esse algo foi-me levado indecentemente, com toda a calma, por alguém. Ou terá sido entregue indecentemente a alguém por minha vontade?
    Seja lá como for, sinto falta de MIM! E preciso de encontrar maneira de me encontrar outra vez....

    P.S. Se me vão dar conselhos não me venham com rotices tipo "procura dentro de ti próprio..." Disso estou eu farto de ouvir! :)

    Etiquetas:


    This page is powered by Blogger. Isn't yours?