<$BlogRSDUrl$>

sábado, 28 de fevereiro de 2004

Pergunta simples: 

Será que alguma vez vai ser fácil?

Etiquetas:


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2004

Nova música do blog 

Porque se tem falado de sono por aqui, esta será a música que acompanhará o meu blog nos próximos tempos...

Metallica - Enter Sandman

Say your prayers little one
Don't forget my son
To include everyone
I tucked you in
warm within
Keep you free from sin
Til' the sandman he comes


Sleep with one eye open
Gripping your pillow tight

Exit:light
Enter:night
Take my hand
We're off to never never land

Something wrong, shut the light
Heavy thoughts tonight
And they aren't of snow white
Dreams of war
Dreams of liars
Dreams of dragons fire
And the things that will bite me

Sleep with one eye open
Grippin your pillow tight

Exit:light
Enter:night
Take my hand
We're off to never never land

Now i lay thy down to sleep
Pray the lord my soul to keep
If i die before i wake
Pray the lord my soul to take

Hush little baby don't say a word
And never mind that noise you heard
It's just the beast under your bed
In your closet in your head

Exit:light
Enter: night
Grain of sand

Exit:light
Enter: Night
Take my hand
Were off to never never land

Take my hand
Were off to never never land
Take my hand
Were off to never never land...

Vida 

A vida é muito estranha. Dá-nos tudo, tira-nos tudo, faz-nos alegres e tristes (às vezes os dois ao mesmo tempo), manda-nos às malvas e traz-nos de volta à superfície. Estraga-nos, manda-nos abaixo, nós resistimos e lutamos. Lutamos por ser felizes, por termos o que queremos, por sermos aquilo que queremos ser, com todo o direito que temos de procurar sempre algo melhor. Lutamos por nos adaptarmos, por dizer adeus, por dizer olá, por falar e até por pensar.
E há uma força não nos pode faltar nunca. Aquela força que nos projecta para a frente, que nos eleva quando estamos em baixo. Por meu lado, sinto que por vezes precisam de ser os outros a dar-nos esse impulso, e disso não me posso queixar.
Por isso, faço aqui a minha parte e deixo aqui um abraço e um impulso para ti, para ti, para ti e para ti. Não porque mo pediram, nem sequer porque se justifique, mas simplesmente... porque quero.

Etiquetas:


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2004

Só para avisar: 

Recebi um e-mail do Manchester United a agradecer o facto de ter chamado à atenção, neste mesmo blog, para a sua falha na apreciação do jogo de ontem. Pedem para, por favor, os desculparmos por tamanho erro e prometem que não falharão mais, até porque têm medo de represálias deste blog mundialmente famoso, que poderão levar até a baixas na sua cotação na bolsa.
Os ingleses pedem ainda a todos que parem com os mails com insultos. Eles já perceberam o significado de "Vão para o c@r@l*o!"

Bolas! 

Porto came from behind to beat Manchester United 2-1 in Spain tonight (Wednesday) and leave the Reds with some work to do if they are to progress in this season’s UEFA Champions League.

in Site oficial do Manchester United. Sem comentários.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2004

Brasiuuuuu! 

Je suis que je peux pas.
Na cabána, junto à práia, passamos momentos inesquecíveis, nunca confundindo andamento com movimento. Uélélélé, só um tapinha, ao ritmo da capoeira baiana, com todo o Mundo nú, ninguém é de ninguém, beijo na boca é coisa do passado, a nova onda é namorar pelado...
Xupem-me os pistons, esbruguem-me o pêssego e continuem a não confundir andamento com movimento, pois temos sempre tempo para ir descansar para o quarto. Queres vir? Dá-lhe Freitas!
Até porque na Caparica, eu fui-te à (*), em Barcelona eu fui-te à (*), foi em Madrid que te (*), em Bilbau (*) o (*), em La Valleta uma (*), e em Havana foi à (*) (complete quem souber... mas em pensamento que isto é um blog digno!) BELEZA!! (tum te tum tum tum tum) BELEZA!! (tum te tum tum tum tum).
Sempre no ritmo do stick para a barbucha (ahmeeeeee!!), com repolhinhos sempre sorridentes e gastadores, a Ilha dos Aquários e o nascer do Sol marcaram. O Titó e as suas nove horas de sono também, já para não falar de que precisávamos de botar cola nos shorts! (e aqui aparecia ela, sempre com o ouvido tapado: Hã???)
Pois é, pois é, cá estamos. Ai os imortais, os imortais! E assim acontece... ou aconteceu.
Por falar nisso, já sabem que o Euro está mais forte que o dólar?



Legenda (do topo esquerdo para o direito, de cima para baixo): Barulho, Moura, Ricardo e Rita; Cristóvão, João, Sandra, Cristiano (guia), Cátia, Liliana e Ruca; Raquel, eu, Catarina, Luísa (UCP), Vânia e Raquel; Sónia, Olga, Vítor, Alexandra e Ana.


Ah... para quem não percebeu nada... voltei. Foi demais!

Etiquetas:


sábado, 14 de fevereiro de 2004

E ontem foi A noite dos bolos. 

Bom Jesus, 7 da manhã, neblina e início de dia misturados, depois de uma noite excelente que não descreverei porque acho desnecessário, pois ficará sempre na memória:
Eu: "POIS É, POIS É... CÁ ESTAMOS!"
TU: "AI OS IMORTAIS, OS IMORTAIS!"
TU: "OU ENTÃO NÃO!"
TU: "COME-ME EM GRANDE!"
TU: silêncio, que disse mais que todos nós.

Foi ou não foi lindo?

P.S. 1 Houve muito mais gente que foi aos bolos ontem. My love (mas que tinha que dormir), tu, tu, a Luísa e a Rita (que não têm blog, tss tss... Ou será que têm?) e todos os amigos da Luísa. Obrigado a todos, mesmo aos que não conheço.

P.S. 2 A Luísa e a Rita vão de Erasmus para Parma, e só as verei antes de irem com muita sorte (se nos cruzarmos no aeroporto dia 23, em Lisboa). Boa sorte para as duas - tenho a certeza que vai correr bem. E livrem-se de não manter o contacto!

P.S. 3 Vou para o Brasil passar uma semana de uma viagem de finalistas que se prevê fantástica. Por isso, o blog fica em descanso... mas prometo voltar, dia 23.
Até lá.

P.S. 4 Mudei a música do blog outra vez. Porque esta sim, é A música do momento.

Etiquetas:


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2004

:D 

manhoso: sinto-me muito melhor depois deste teste! Obrigado pela dica!

The Dante's Inferno Test has banished you to the Second Level of Hell!
Here is how you matched up against all the levels:
LevelScore
Purgatory (Repenting Believers)Very Low
Level 1 - Limbo (Virtuous Non-Believers)Very Low
Level 2 (Lustful)Extreme
Level 3 (Gluttonous)High
Level 4 (Prodigal and Avaricious)Moderate
Level 5 (Wrathful and Gloomy)High
Level 6 - The City of Dis (Heretics)Very Low
Level 7 (Violent)High
Level 8- the Malebolge (Fraudulent, Malicious, Panderers)High
Level 9 - Cocytus (Treacherous)High

Take the Dante Inferno Hell Test

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2004

Pois é, pois é... 

Já não bastavam os morangos vermelhos, a alma não ser pequena, a vida ser apenas um ponto de passagem, como ainda temos os imortais. Ai os imortais, os imortais...
Pois é, pois é... cá estamos.

(este post é dedicado a ti, a ti e a ti, que ontem partiram tudo ao som da nova música do blog. Vocês e eu, claro. E depois, foram os bolos...)

Etiquetas:


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2004

?? 

http://www.google.be/search?q=wounds heal pain unreal&ie=UTF


E chegam ao meu blog a partir desta procura de palavras no Google. Wounds (feridas), heal (curar), pain (dor) e unreal (irreal). Acham isto normal?

terça-feira, 10 de fevereiro de 2004

E pronto. 

Em princípio, acabaram os exames. Para sempre. E agora? Que vou eu fazer?

Etiquetas:


domingo, 8 de fevereiro de 2004

Bom, e depois de alguns posts mais melosos... 

... apetece-me algo. Mudar algo.
E admito: para mim, a música mais pesada ocupa um lugar determinante na mudança. Logo, partilho convosco uma música que, considerando a grande assimetria com a "My Immortal", vos permitirá perceber o quão multi-facetado sou.
Deixo desde já um conselho: baixem o som das colunas.
A letra segue dentro de uma linha ou duas...

Ill Nino - Unreal

Separate your mind
Overcome in time
I'm taking what is mine
Tenemos que pelear

Nothing is all, I thought I was there
I'm finding myself going nowhere
Is this a mistake?
I cannot relate to what is fake

Is this what I get for learning to speak?
For opening eyes and digging in deep?
Is this what I get for being reborn from the norm?

I don't want to shine; light will make us blind
I don't want to feel unreal
What have I become, born under the sun?
Planets will converge for you

I'll try to break you!

What would it take to not look away?
To open my eyes and stare in the face
To learn from what's real
I'm trying to deal, but it's worthless:

Is this what I get for learning to speak?
For opening eyes and digging in deep?
Is this what I get for being reborn from the norm?

I don't want to shine; light will make us blind
I don't want to feel unreal
What have I become, born under the sun?
Planets will converge for you

Pushing and grinding is twisting my mind frame
El tempo que pesa nos tumba la mesa
Y ahora que es nuestro, mi vida te apuesto,
Bet my life!

I don't want to shine; light will make us blind
I don't want to feel unreal
What have I become, born under the sun?
Planets will converge for you

I don't want to feel!
I don't want to shine!
I don't want to feel!
Light will make us blind
I don't want to feel unreal

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2004

Agradecimento 

A ti, que sabes quem és, por tudo o que és e pela ajuda que me tens dado. Obrigado.

Etiquetas:


Posts 

Hoje apetecia-me postar imensa coisa. Sinto-me com vontade de explanar tudo o que me consome... por dentro e por fora.
Mas vou manter-me pelo caderninho. Qualquer um, desde que a folha dê para escrever. Porque não consigo escrever aqui, estão muitos a ver. E o blog não é um caderninho... Pelo menos não privado!

Etiquetas:


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2004

Lyrics 

Decidi pôr aqui a letra da música, porque acho que vale a pena. E está adequada, de facto, a isto que se vive deste lado.

"My Immortal"

I'm so tired of being here
Suppressed by all my childish fears
And if you have to leave
I wish that you would just leave
'Cause your presence still lingers here
And it won't leave me alone

These wounds won't seem to heal
This pain is just too real
There's just too much that time cannot erase

[CHORUS:]
When you cried I'd wipe away all of your tears
When you'd scream I'd fight away all of your fears
I held your hand through all of these years
But you still have
All of me

You used to captivate me
By your resonating light
Now I'm bound by the life you left behind
Your face it haunts
My once pleasant dreams
Your voice it chased away
All the sanity in me

These wounds won't seem to heal
This pain is just too real
There's just too much that time cannot erase

[Chorus]

I've tried so hard to tell myself that you're gone
But though you're still with me
I've been alone all along

[Chorus]

Etiquetas:


terça-feira, 3 de fevereiro de 2004

My immortal 

Eu sabia que tinha uma razão qualquer para pôr aqui a música. Eu sabia.
É linda, não é?

Etiquetas:


domingo, 1 de fevereiro de 2004

Pronto. 

Párem com os pvts do msn, com os comments saudosistas, com as petições, as lágrimas e as sms para a Praça da Alegria (exageros naturais, há que puxar a brasa para a nossa sardinha).
Eu volto... Não sei muito bem em que condições, mas volto.
(Agradeço a todos a preocupação, mas especialmente ao Jack e à Calisto, que me convidaram para o seu Baú das Palavras. Obrigado, sentido mesmo. Obviamente, recomendo a todos uma visita ao referido blog...)

Etiquetas:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?