<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, 31 de dezembro de 2004

2005 

Eu ia escrever um post de balanço do ano que agora finda... mas, honestamente, não me apetece nem me sinto inspirado o suficiente para fazer algo que ilustre um ano inteiro.
Assim, fico-me pelo corriqueiro.. e desejo um excelente 2005 a todos os leitores deste blog. Que seja melhor que o 2004 e que não traga tudo o que desejam, porque senão para o ano não sabem o que pedir ao comer as uvas passas...

p.s. Se conduzirem, não bebam.

terça-feira, 28 de dezembro de 2004

E... 

... quando se pensa que já se ouviu e viu de tudo sobre a tragédia na Ásia, às 13.15 da tarde, no Jornal da Tarde da RTP1, acontece o que menos esperamos.
Tendo como pano de fundo uma imagem de uma onda, águas revoltas, a réporter sai-se com uma verdadeira pérola:
"O Mundo Ocidental mobiliza-se numa verdadeira ONDA de solidariedade!"
Bem.. se calhar o vocabulário utilizado não foi o melhor...

domingo, 26 de dezembro de 2004

Natal 

Vagueio pela casa. Vive-se um ambiente de fim de festa, de pessoas a pegar no casaco para sair para o (este ano) rigoroso Inverno. Sei que irei sentir a chamada (por mim, não sei se por mais alguém) depressão pós-natalícia. Quando todos vão embora, quando todos estão já satisfeitos da companhia da família por um dia no ano.
Quando todos já fizeram o que tinham a fazer. Quando querem voltar para os seus nichos, os seus cantinhos do dia-a-dia. E acabam o dia moles, sem nada para fazer a não ser uma sessão de cinema, uma jogatana de cartas, um trivial meio aborrecido, quem sabe até um joguinho de risco.
Olho para o sofá, em que os mais idosos cabeceiam, no sono inquieto de quem não encontra uma posição confortável. Estão talvez num sono sem sonhos, ou a sonhar com outros tempos, outras eras em que as coisas eram obrigatoriamente diferentes. Em que o espírito do Natal seria diferente.
A luz do presépio, por baixo da árvore, está apagada. A afilhada tinha uma incrível e indisfarçável atracção pela lâmpada acesa e quente. Acendo-a, já depois de ela ter ido dormir.
Porque é Luz. E é Natal.

Etiquetas:


sábado, 25 de dezembro de 2004

E hoje, por ser dia de Natal... 

... PARABÉNS, Mãe.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2004

Oh pá... 

... Feliz Natal, pronto.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2004

É curioso: 

- como por vezes não me apetece escrever;
- como por vezes me apetece, mas não sei sobre o quê;
- como às vezes é tão indicado, tão necessário, mas por outro lado não o é;
- como gosto de ser eu;
- como gosto de conhecer pessoas novas;
- como a vida dá voltas e mais voltas (e mais ainda);
- como o Natal chegou depressa;
- como a vida é feita de surpresas, contradições e pequenas coisas;
- como desiludo, iludo, prometo, cumpro, vivo e morro nos corações das pessoas;
- como sentimos a vida pulsar nas veias;
- como o negro nos rodeia e nem sempre é maléfico;
- como gosto de ser eu;
- como gosto que os outros sejam os outros;
- como gosto de escrever sobre nada.

Etiquetas:


quarta-feira, 8 de dezembro de 2004

E aqui, ... 

... nesta bela cidade de Palermo à beira-Douro plantada, cá se fazem ---> cá se pagam.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2004

Afinal... 

...aproveitando o lance, o Governo seguiu, tão justificadamente como o DVD do SL Benfica, pela janela...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?