<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Este foi 2008... 

Como vêem, cheio de coisas interessantes.

Um ano para recordar.

Posts do Top-20 2008
:
Acontecimento nº 1: Férias em Agosto
Acontecimento nº 2: Karts (Braga e Leiria)
Acontecimento nº 3: Sardinha & Leite
Acontecimento nº 4: Death Magnetic
Acontecimento nº 5: Noite em Julho
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984

Vemo-nos em 2009!

P.S. O problema de fazer posts em antecipação é que só agora fica bonito dizer que o meu Natal foi passado com temperaturas corporais a oscilar entre os 38,8º e os 39,4º. Não se pode ter tudo... Mas no próximo Natal, prometo estar a 100%!

Etiquetas: ,


Acontecimento nº 1: Férias em Agosto 



O Post nº 1 tinha de ter amigos. É o costume. Vários amigos foram sendo referidos ao longo deste Top-20, e todos eles com uma importância muito elevada no que este ano foi sendo.

Estes amigos de que falo neste post... São os amigos de sempre. Os amigos especiais. Os amigos com que se pode contar. Os amigos com quem passamos fins-de-semana.

Os amigos que nos ouvem e, acima de tudo, não nos julgam. Apoiam-nos. E dão-nos na cabeça quando precisamos, e aconselham-nos quando não precisamos.

Agradeço-vos. Se o meu 2008 acabou por ser bastante positivo, muito foi por vossa causa. E esperemos que 2009 seja como o nosso Bro Barney diria, sempre respeitando o "Bro Code":

"LEGEN.... wait for it..."

P.S. Qualquer pessoa pode completar esta frase. Desde que saibam fazê-lo, e sei que vocês sabem fazê-lo.
--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 2: Karts (Braga e Leiria)
Acontecimento nº 3: Sardinha & Leite
Acontecimento nº 4: Death Magnetic
Acontecimento nº 5: Noite em Julho
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , , ,


terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 2: Karts (Braga e Leiria) 

Pois é. Os karts. Um post que me faz sorrir mesmo antes de o escrever.



O convívio em Braga e em Leiria foram, sem dúvida, dos melhores momentos do ano. Desde o homem-aranha até ao gajo que vai com o leitor de mp3 conduzir, desde a francesinha de Braga até ao grelhado misto de Leiria, passando pelas desculpas de mau pagador - "Ah, os bancos não regulam em distância", "Ah, a ti dão-te o kart melhor porque foste tu que marcaste a cena" -, o que conta é que tudo correu pelo melhor.*

Amigos por todo o lado, gente castiça, peripécias que vamos recordando horas a fio. Risos, capacetes e viseiras, tudo no mesmo pequeno veículo.

Não consigo fazer melhor que este post, publicado anteriormente.

Mas vamos repetir. Podem crer.

* Claro, o melhor mesmo for eu ter ganho. As duas provas.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 3: Sardinha & Leite
Acontecimento nº 4: Death Magnetic
Acontecimento nº 5: Noite em Julho
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 3: Sardinha & Leite 



Sardinha & Leite. Cocktail de nomes absolutamente explosivo. Mas do mais balsâmico para corpo e mente que possam imaginar.

Em Julho, pós-desilusão Auto Sueco, a esperança ressurgiu sob um dos nomes mais estranhos que já vi.

Projecto aliciante, rebranding, loucura absoluta e muita, muita motivação. Reestruturação de empresa, aposta na profissionalização e pujança no mercado. Inimaginável há uns tempos atrás, mas a alegria no trabalho estava de volta.

Horas extra, saídas tardias, pensamento no trabalho fora do local de trabalho. Finalmente sei o que isso é.

E é de aproveitar ao máximo. Porque não há muita gente a fazer o que gosta na nossa praça.

P.S. Um muito obrigado bem especial à Ana por também ter tornado isto possível.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 4: Death Magnetic
Acontecimento nº 5: Noite em Julho
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


domingo, 28 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 4: Death Magnetic 



Death Magnetic. Metallica de volta após anos e anos com um original com força, poder e um grande som. Mesmo. Entrada para o meu top de preferências de imediato.

The Coffin. Loucura imediata, comprar o original (como o aí em cima) na FNAC, com direito a t-shirt, bandeira, CD de originais, CD de demos e DVD de making-of. Brilhante.

Um grande álbum de uma das maiores bandas de sempre.

E, para meu gáudio e alívio, a minha banda de eleição está de volta ao bom velho Metal.


--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 5: Noite em Julho
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


sábado, 27 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 5: Noite em Julho 


(legenda: o intercidades)

Este post é um dos posts mais importantes desta listagem toda. Creio até ser um dos mais esperados de todos eles. Aquém e além fronteiras.

Julho. Inícios? Talvez. Diria dia 14. E não devo falhar por muito.

A situação, finalmente, deu de si. Infelizmente, disse eu na altura e continuo a dizê-lo agora. Sei que era incontornável, que iria acontecer - como podemos estar bem com os outros se não estamos bem connosco? Como podemos lidar com algo tão puro? Como podemos afogar a mágoa de dentro quando nos dizem o que dizem?

Nesta noite de Julho, que encabeça o post, deixei o azul e troquei-o pelo negro da noite. Pelo molhado dessa noite. Pelo sonho das noites seguintes. Pelos sonhos de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro. Seguidos. Pelas arritmias pré-evento. Pelo nervosismo. Pela dúvida. Pela mágoa. Pela santa ignorância que parece outra coisa tão, mas tão diferente...

P.S. Este foi o único post em que tive dúvidas da sua posição no blog. Ainda tenho. Top-5 seria sempre. Fica o pormenor.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 6: Desilusão de amigo 

Há certos assuntos que, consoante lhes remexemos, pior ficamos. E mais falamos deles, mais nos dói. Por mais que as pessoas nos ouçam (e gente houve que me ouviu falar disto vezes sem conta...), nada nos faz passar a mágoa.

Portanto, não me vou alongar muito.

Apenas uma achega: um simples "obrigado" bastava.


--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 7: Saída da Auto Sueco 



Recordo-me, em Setembro do ano passado (2007), de ter ficado contente por ter recebido uma proposta de trabalho. O destino era a Auto Sueco, no Porto.

Depois de duas semanas de apresentações a todos os departamentos e pessoas, acabei por ser colocado (no âmbito do processo de estágios internos) na AS Automóveis. Apoio comercial.

Achei eu, na minha inocência, que iria ser depois recolocado noutra área funcional, mais de acordo com as minhas capacidades e skills. Puro engano. Vendedor de automóveis era a grande meta para mim.

Não me levem a mal, a questão não é o ser vendedor de automóveis. É mesmo ir ao engano. E deixar um curso por causa disso. Ainda fui colocado em Sta. Maria da Feira (nada contra a localidade), mas a motivação já estava abaixo de zero. E disso tudo o resto se ressentiu.

A melhor decisão deste ano tomei-a em Maio. Decidi sair de lá.

E a vida pareceu logo outra.

Ressalva: De qualquer forma, conheci gente impecável lá. E fica o registo - Ricardo, Liliana, Mafalda, Manela, Batista, Teixeira, Miguel, Dr. Pedro Oliveira e Eng. Fernando Ferreira, um MUITO OBRIGADO. Se não fossem vocês, tinha sido bem pior.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Pequena pausa no top só para dizer... 

FELIZ NATAL!


(imagem retirada daqui)

Etiquetas:


Acontecimento nº 8: Desporto e Forma Física 



Desde Setembro, mais ou menos, que ando a fazer muito desporto. Talvez por não ter mais nada que fazer, vá. É a tal agenda concorrida que alguns falam...

Futebol dois dias por semana, ténis uma vez por semana também.

E só me faz bem. Para me manter vivo e desperto (e me tornar um homem cada vez mais bonito, óbvio!). E para ajudar a dormir bem à noite.


--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 9: Segundo Nível de Russo 



O primeiro nível foi complicado. O segundo ainda está a ser mais.

Mas mais do que a dificuldade, o gozo de aprender uma língua nova (ou, simplesmente, combater o Alzheimer, como referiu um colega mais do que uma vez) é algo de espectacular. Pelo desafio que é.

Daí o segundo ano. Porque o Russo faz-me pensar noutra língua, ver as coisas por um prisma diferente e assumir uma cultura diferente. Aconselho vivamente aprender uma língua totalmente estranha.

Faz-nos sentir vivos.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 10: TAG e relacionados
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 10: TAG e relacionados 

Sempre disse (e não descobri a pólvora ao fazê-lo) que muitas das nossas relações sociais são também definidas pela operadora que temos no telemóvel. Sinal dos tempos, também.



O TAG veio mudar as minhas noites de segunda-feira. E veio reaproximar-me com ele e com ele, bem como (re)descobrir outras pessoas e outras duas pessoas ainda (que não têm blog, mas merecem a homenagem). Claro, em certos casos já tive oportunidade de dizer que foi um erro dizer para mudarem para TAG ..

Mas compensou, no final. Pelos jantares, pela massa com todos, pelo "melher", pelos meios-bifes, pelos pães-de-alho artesanais (e do Pingo Doce), pelas pizzas que "toda a gente gosta" e pelo Poker. Que foi o primeiro motivo dos jantares e que acabou relegado para 30ª plano.

Que noites, meus amigos.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano"
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


domingo, 21 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 11: "Vamos casar para o ano" 



Quando recebemos notícias deste género, damos por nós a pensar que estamos velhos. Os amigos começam a casar-se, a "juntar os trapinhos", a comprar e alugar casa, a pensar em vidas em conjunto.

Tenho um casal de amigos que vai casar em 2009. A notícia foi-me dada pelo MSN (sinais dos tempos, correcto?). Já tive oportunidade de lhes dar os parabéns (ou sentimentos, depende do ponto de vista...) pessoalmente.

Estou muito feliz por eles. E desejo-lhes tudo de bom.

Fica aqui o registo. Por vocês, que estão lá sempre.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu.
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


sábado, 20 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 12: Porque ninguém é de ferro... nem eu. 

E passado uns tempos do acontecimento do post anterior, fundamentei todas as crenças de quem lida comigo diariamente: não sou mesmo normal.

Sou, aliás, pura alta tensão.



Para além disso, pasme-se, tenho uma artéria a mais. Felizmente, todos os exames deram resultados satisfatórios. Tanto, que a minha própria médica não me quer sequer ver .

Antes assim.

P.S. Se alguém precisar de uma artéria, digam qualquer coisa. Vendo baratinho.


--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso.
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 13: Estar lá quando é preciso. 

Este foi um ano difícil em alguns sentidos. Como devem ter notado, eu decidi fazer um top-20, mas não obrigatoriamente apenas de coisas boas.

Há situações em que não sabemos o que dizer, em que as palavras não chegam. Mesmo. A presença, essa sim, é essencial. E reunimo-nos todos, infelizmente por motivos desagradáveis. Mas estivemos lá.

Fica aqui a minha homenagem a uma pessoa que era muito importante para um amigo meu, e que contagiava toda a gente com a sua boa disposição, alegria e disponibilidade. O meu muito obrigado por nos ter ajudado em tudo durante os tempos da Universidade.

E um abraço forte para ti. Que sabes que estamos por cá.




--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 14: Jantar de Aniversário 



Estive rodeado, durante algumas horas, da maior parte das pessoas que considero importantes para mim - de uma forma ou de outra. Faltaram uns quantos também.

Festejei num sítio onde passo muitas horas semanais, e onde fizeram algumas gracinhas (como balões cor-de-rosa a enfeitar). Acabamos a noite na Marina do Freixo, onde o frio não ajudou, mas a presença de todos aqueceu a alma.

Obrigado a todos os que foram. E aos que não foram também, porque sei que queriam ter ido.

P.S.: Peço desde já desculpa às pessoas que estão na foto. E já consegui cortar um bocadito. Não tinha outra melhor para colocar. Não é um ataque, juro. A culpa foi da fotógrafa.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 15: Mudanças no Pátio 

O sítio onde passei a minha infância está a ser alvo de uma requalificação. Ou seja, tudo o que conheço como meu desde que me lembro como gente está a desaparecer. Sim, desaparecer, não a mudar.



É estranho.

Espero que continuem, no mínimo, a existir os cheiros que me acompanharam desde miúdo. Senão, começo a sentir que cresci demasiado depressa e que queria voltar atrás no tempo...

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 16: FCP Tri-Campeão 



Este não podia faltar, claro.

Como portista ferrenho, foi um excelente momento. Três campeonatos consecutivos, ensombrados apenas por derrotas em taças e uma debilidade estranha ao tentar passar dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

20 pontos de avanço, menos os seis do processo Apito Dourado, e um excelente rendimento numa Liga cada vez menos competitiva.

BIBÓ PUORTO!

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 17: Metallica no Rock In Rio 



5 de Junho de 2008.

Saída do Porto com este senhor, chegada a Lisboa com mais dois passageiros embarcados em Aveiro. No recinto, encontramos ainda outro compincha de concertos - o meu verdadeiro parceiro de concertos.

E não esquecer o facto de ter aparecido na televisão neste concerto. Não acreditam? Ora vejam do minuto 4.43 ao 4.46 do vídeo seguinte. Sim, o rapaz de preto a olhar para a câmara sou eu...



Metallica. Concerto old-school.

Não há propriamente palavras.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 18: Assinar a Evo
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


domingo, 14 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 18: Assinar a EVO 



Sou, como sabem, um amante de automóveis. Adoro conduzir, gosto muito de saber mais sobre automóveis e gosto mesmo muito de humor britânico.

A EVO surgiu na minha vida quando quis colmatar duas coisas: falta de informação de qualidade vinda de revistas portuguesas e falta de prática na língua Inglesa. Comprei uma vez, duas, três, e hoje em dia é a única revista de automóveis que compro.

É uma publicação com uma qualidade excepcional em termos de grafismo, tipo de papel e fotografia. Tem textos com um humor fantástico, crítico e mordaz. Típico.

Decidi assiná-la. Recebo-a todos os meses em casa, já depois do dia 20. E é dos dias mais interessantes do meu mês, quando abro o plástico e vejo a capa do "Collector's Edition".

EVO. The Thrill Of Driving.


--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: ,


sábado, 13 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 19: Cafés ao Domingo à noite 

... Ou sanidade por outras palavras.

Os puffs, os resumos, os golos, as Russas e o mar. O grande, o enorme mar. O sono. A revitalização de corpo e mente antes de semanas loucas.

A chuva e o luar reflectidos na água.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Acontecimento nº 20: Blindness e 1984
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Acontecimento nº 20: Blindness e 1984 



Para mim, indiscutivelmente, o Blindness foi o filme do ano. Nunca li o livro, confesso-vos. Mas a brutalidade e a realidade deste filme (apesar de certos momentos hilariantes) colou-me ao ecrã do início ao fim.

Põe uma pessoa a pensar, na orla de um imaginário que pode acontecer. É, no fundo, um sucedâneo de ensaios como o 1984, que me marcou muito também pela "possibilidade". O tal "e se...?" Só o li este ano, e por isso aparece aqui em menção honrosa. Livro excelente, que merece uma leitura muito atenta.

Muito bom.

--------------------
Posts anteriores do Top-20 2008
Anúncio do Top

Etiquetas: , ,


quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Top 20 2008 - anúncio 

Decidi fazer algo diferente no FPO. Normalmente, costumo escrever um post de balanço, sobre como correu o ano e coisas que tais.

Este ano, decidi elaborar um top-20 de acontecimentos meus, e vou publicar um por dia até dia 31. Vai, obviamente, em contagem decrescente, para alimentar o suspense.

A contagem começa amanhã.

Aguardem, visitantes de aquém e além fronteiras!

Etiquetas:


segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Há noites assim... 

Um café. Um gelado. Uma mini. Duas minis. Três, possivelmente. Uma ideia. Um pensamento tornado volátil, pousando até ser realidade.

Pousou no nevoeiro, no mar e na praia. Na noite escura, no Parque da Cidade, no CLIP, e na luz vermelha e subida. Com um estranho romantismo a rodear-nos. Conversas surreais. Viagens prometidas. Planos para um futuro próximo. Casacos fechados, sapatilhas a todo o gás. Linhas de bicicletas brancas. As ondas "a cortar de esquerda". As loiras pousadas no corrimão. Sim, porque todos sabemos que no final do corrimão começa a corrente.

O nevoeiro fresco a invadir-te e a aconchegar-te bem. Nevoeiro marinho e nevoeiro artificial.

Pensamentos perdidos, bocas mandadas, brincadeiras. Pessoas ausentes e presentes. Sempre presentes. Envoltas na neblina também.

Mesmo que não acreditem. Mesmo que eu próprio não acredite.

Há noites assim. Impróprias.

Etiquetas:


sábado, 6 de dezembro de 2008

Há dias assim... 

Hoje, a chuva e o vento coordenaram-se com os sorrisos e os abraços. E encontraram-se todos nos locais familiares, rodeados das folhas vermelhas do chão do Outono, para me aquecerem por dentro.

Etiquetas:


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Comboios 

Imagina-te num túnel. Escuro como breu, o cheiro característico dos trilhos. O cheiro do ferodo, dos travões, das vidas que passam pelas janelas que reflectem o nada. Porque um comboio, no fundo, é uma grande passagem de pequenos nadas na tua vida.

Pequenos nadas que até podem ser tudo. Depende da paragem em que te apanham. Do sítio exacto onde te vêem a fazer sinal. A aparecer do nada, com malas e bagagens. Estejam elas cheias ou vazias. Muitas vezes cheias de nada, muitas vezes vazias de tudo.

(Recordo-me agora que já fui muito feliz a ver comboios.)

A bagagem que levamos connosco para a carruagem a que nos acoplamos é, toda ela, alvo de inspecção. Atenta. Pelos pequenos sinais, pelas expressões, pelos olhos, pelos gestos. Indisfarçavelmente, damos por nós a olhar para tudo. Sem ver. Ou vendo; não interessa.

Damos por nós, atentamente e sem vergonha, a reparar nos pormenores. Nas caras. Nos cheiros. Nos presentes. Nos ausentes. Nos livros. Nas revistas. Nas botas. Nos armários envidraçados. Nos aparelhos. Nas fotos. Nos cinzeiros. Nas poltronas. Nos tronos. Nos dias e nas noites. Nos passeios. No olhares furtivos. Nos olhares directos. Nos tremores. Nas calmas. Na ansiedade. Nos jogos. Nas verdades e meias-verdades da viagem. No tudo e no nada. Na chuva e no sol.

(Também a chuva faz parte das minhas melhores recordações.)

Até porque a paisagem, por vezes, que grasseia pelas janelas envidraçadas da alma do comboio nem é assim tão bonita. O frenesim interno do comboio chega a ser mais bonito que o verde lá de fora. É como a relva na Rússia primaveril - sempre verde, em oposto com o amarelado do Outono.

Dás por ti a olhar em volta. Por vezes, estás sozinho no comboio. Não estás só, estás sozinho. É muito diferente. Apercebes-te, de repente e em pânico, que é impossível ocupar o espaço vazio na totalidade. Sabes disso, confiei-to várias vezes. Como muitas outras coisas que partilhei, e a quantidade enorme que não partilhei e me fez levantar da carruagem e sair do comboio. Contudo, várias vezes o viste já escrito aqui.

O espaço vazio é criado para que o preenchas. Não tu, mas todos os teus "tu". Todos eles, que fazem de ti quem és. E, se calhar, passe a redundância e o óbvio, que fazem de ti quem foste e queres ser. Quando o sabes. Se não sabes, paciência: hás-de sabê-lo. O comboio ajudar-te-á. E todos os "eu" dos outros também lá encontrarão o seu cantinho. Claro. Mesmo que não seja um cantinho muito arejado, lá estarão no baú. Juntinho aos sítios que conheceste e viste. E que passaste a evitar. Enquanto não estás em paz absoluta.

O comboio levar-te-á rumo a um destino difícil de descortinar, como sabes. Mas arrisca no bilhete, meu amigo. Não tens nada a perder. "Anda, se gostas!", diz-te ele ou ela com toda a calma. E tu sabes que só saltas quando e se quiseres. Por mais que o digas, há sempre uma linha por onde passar. Onde decides como queres ir.

Se queres ir com a bagagem toda ou com uma mala pequena, mas com capacidade de lá caberem todos os tesouros do Mundo. E tudo isto é bonito, sem dúvida. Tudo isto magoa, até, pela imensidão de possibilidades que tens à tua frente quando tens o comboio. E uma viagem pela frente.

A imensidão, no fundo, és tu quem a decides. És tu quem a vives. Ninguém mais o faz por ti. Porque este comboio, este túnel, esta paisagem, esta vida, nunca mais os verás. São únicos e são teus, porque assim o quiseste. Porque nunca mais os terás. Porque, se os quiseres de volta, de forma egoísta (ou não), não os terás mais. Está decidido, meu caro. E decidem por ti. Que é, muitas vezes, uma vantagem. Que te acalma.

Não ligues a impulsos; não te prendas a nada; AGE, VIVE, SENTE O QUE FAZES. Confuso? Talvez. Mas sente, não te esqueças nunca, do impreterível e irresistível gesto de colocar mais baixo do rádio para pores o carro a trabalhar. Sente a mensagem a vibrar-te aí dentro. No teu peito.

Sente a vida a pulsar por ti, semana após semana, até NÃO PODERES MAIS. Vive, sonha, salta, fala sozinho, ri sozinho, canta sozinho, dentro da carruagem ou fora. Dentro do comboio ou de cabelos ao vento. Enerva-te, põe a capa de insensível, vai a tremer. Sente tudo bem sentido. Porque tu podes tudo.

É que é nesses momentos que sabes.

Que sabes que a vida é tudo isto. E não a trocarias por NADA. E lutarias por tudo até ao fim, caso quisesses. E farias trinta por uma linha para seres tu a passar tudo isto de novo. Pois não te arrependes de NADA.

Estarás, um dia, pronto a seres tu de novo. De cara lavada. Sem estas pontadas internas. Sem este vazio que te preenche, não dando mais espaço. Este vazio chuvoso, claro. Vazio preenchido, afinal. Ou talvez não. Nem sei mais.

Repara, nada te impede de mudar. Apenas tu próprio. E os semáforos à tua frente, onde te despediste de vez. Ou não. Talvez a despedida, reflectes, tenha sido o olhar.

Aquele olhar. Aquela expressão de incompreensão e que reflectiu um claro "este não é o teu lugar". Porque tiveste oportunidade, e não aproveitaste.

De pedir desculpa, apesar de inocente. Acredite o teu interlocutor ou não nisso. Porque não podes adivinhar nem obrigar as pessoas a dizer tudo ao mesmo tempo. Ou quando devem fazê-lo, porque elas também não o sabem. Saberão o impacto de não ter dito a tempo? A figura que fizeste sem querer? Não, não sabem.

Não sabem porque não lhes disseste. Se calhar, com toda a razão do Mundo.

Vais voltar ao comboio, meu caro. Vais voltar ao túnel, a cheirar o ferodo numa qualquer estação. Quando encontrares o teu caminho para lá.

Por agora, vagueia. Vai pelos túneis, explora o submundo. Ele é teu, faz dele o que quiseres. Refugia-te nos seus postigos e abrigos, sobe à superfície, faz o que queres e rejeita o que não queres. Aflige o teu pensamento, vive a tua pulsação mais forte. Sê decidido.

Nunca te esqueças é que "...we die hard!".

E basta.

P.S. Continuo a achar que se usa a palavra "amo-te" de forma leviana. E os factos tendem a dar-me razão.

Etiquetas:


This page is powered by Blogger. Isn't yours?